FAIXAEMAEI (1920 × 480 px)
EMAEI

Uma escola Inclusiva é uma escola que tem um perfil de base humanista, baseado no desenvolvimento de valores e de competências que abrem as portas de entrada e que garantam que, à saída, todos alcançaram aquilo a que têm direito.  Deste modo pretende-se que todos os alunos estejam aptos ao exercício de uma cidadania ativa exercida em liberdade e proporcionadora de bem-estar.

O Agrupamento de Escolas Abade de Baçal, procura promover a igualdade e a não discriminação, cuja diversidade, flexibilidade, inovação e personalização respondem à heterogeneidade dos alunos, eliminando obstáculos e estereótipos no acesso ao currículo e às aprendizagens.

CAA
 O Centro de Apoio à Aprendizagem (CAA) constituiu-se um recurso organizacional específico enquadrado pelo novo regime jurídico da Educação Inclusiva, Decreto-Lei nº54/2018, de 6 de julho e alterações constantes na Lei nº116/2019, de 13 de setembro, que corresponde a uma estrutura de apoio da escola, agregadora dos recursos humanos e materiais, dos saberes e competências da escola.

É expectativa da Escola dar continuidade a Projetos e ações já implementadas que se têm revelado adequadas e eficazes por criarem condições de sucesso às crianças e jovens com necessidades de medidas adicionais de suporte à aprendizagem e inclusão, assegurando o desenvolvimento de competências conducentes ao sucesso na vida futura, tanto no que diz respeito ao trabalho, como à vida independente, às relações pessoais e sociais e à ocupação de tempos livres no sentido da integração plena na escola e na comunidade.

Consulte o Regimento do CAA →

MANUAL DE PROCEDIMENTOS
Este manual pressupõe a leitura orientada do Decreto – lei 54/2018 de 6 de julho e do Manual de apoio à prática da DGE.
O Decreto-Lei nº 54/2018, de 6 de julho pressupõe uma série de princípios orientadores da ação centrada no acesso ao currículo e às aprendizagens adotando como paradigma da intervenção o modelo de intervenção multinível que envolve a prestação de um continuum de intervenções suportadas empiricamente, organizadas em diferentes níveis de intensidade, disponibilizadas em função da resposta dos alunos à intervenção.